sábado, 2 de julho de 2011

ADEUS

OFERECEU ROSAS
PÚRPURAS

DAS MÃOS CÁLIDAS
VERTIA AROMA DE
FLORES

DISSE ADEUS
COMO AS ONDAS

E DEIXOU FRIAS
AS DOCES
ESPERANÇAS ESTÚPIDAS

Maris Figueiredo


Nenhum comentário: