terça-feira, 31 de janeiro de 2012

KAMELOT - DON'T YOU CRY

domingo, 29 de janeiro de 2012

Blackmore's Night - Smoke on the water


sábado, 21 de janeiro de 2012

MANHÃS



COMO É DOCE ACORDAR A VIDA

NOS DIAS DE SOL
DE CHUVA 

DE VENTO
OU BRISA

A VIDA SEMPRE SEGUE... ATREVIDA
A CADA TENTATIVA 
DE BUSCAR
FELICIDADE

DE CONSTRUIR UM JARDIM DENTRO DA GENTE
...


Maris Figueiredo





Perfume...



Pois quando me tens
Abro-me em cores
Perfumo o espaço e
Despejo amores...


Maris Figueiredo

quinta-feira, 19 de janeiro de 2012

SORTE

Lavei ferida com mel
Costurei  corte com fios dourados
Dei laço

Fui forte


Mas por dentro 
Doía feito morte

Cessando os movimentos

Fingi ser alegre e
Acreditei 


Maris Figueiredo

segunda-feira, 16 de janeiro de 2012

FOGO DE PALHA



A ponto de sangrar
Faíscas 

Pegar fogo
No tempo


Tão lento
 De consumir mundo afora 

Extinguiu-se


Não houve sentimento
Pra soprar o  pequeno
corte

De atrito intenso

Não sobrou nem o norte
Aquele, inventado


O disparate
Passou da hora


Maris Figueiredo







sábado, 14 de janeiro de 2012

Desfecho






O RESTO É PROSA

...


CONTOU MESMO, SÓ,
A POESIA


QUE PRECIPITOU DA TUA BOCA PRA

ARREMATAR MINHA IRA


MARIS FIGUEIREDO




sexta-feira, 13 de janeiro de 2012

TORPE




DIGAS AS MENTIRAS MAIS TOLAS

AS MAIS INÚTEIS AO MEU CONSOLO



Maris Figueiredo