terça-feira, 14 de maio de 2013

JANELAS






PELA JANELA DE MADEIRA PINCELADA DE AZUL...

PERCEBI, ACORDANDO PERFUMES QUE DEBRUÇAM À NOITE E
DESPEJAVAM EM MIM SEUS JASMINS EM BRISA, O DESPETALAR DE MEMÓRIAS OLFATIVAS EM MOVIMENTOS DELICADOS
E FELIZES

...


Maris Figueiredo